0 em Autoconhecimento no dia 02.10.2018

Tá tudo bem, você está no meio do processo!

Querida outra versão de mim,

Resolvi te escrever pra não te deixar esquecer de que está tudo bem. Sei que talvez você esteja em um momento cheio de dúvidas, com alguns medos, mas calma. Respira fundo e relaxa.

Nós lemos muito sobre escolhas, de ir atrás do que nos faz feliz, do que nos realiza, lemos também sobre a escolha de nos amar durante o processo e como isso pode ser importante nos momentos mais difíceis, aqueles que duvidamos de nós mesmas.

Mas hoje não quero falar sobre escolhas, quero falar sobre o caminho que tomamos para chegarmos nelas, porque, como tudo na vida, o que realmente importa é o percurso até alcançarmos nossos objetivos.

ilustra: I love doodle

ilustra: I love doodle

Sei que nem sempre o caminho que escolhemos é o mais fácil, mesmo que no fim seja para o nosso bem. Ir atrás do que nos faz feliz não quer dizer que estaremos isentas de percalços, não quer dizer que não terão dias em que nada dá certo, e também não vai evitar que vez ou outra a gente questione se a nossa decisão realmente foi a mais correta. Por isso mesmo, estou aqui para te lembrar que, assim como nos dias ruins, existem também os dias bons, e eles com certeza vão compensar os momentos mais complicados.

Sair da zona de conforto é dolorido, mas esse texto é mais um daqueles pra dizer que eu te entendo. E to aqui para lembrar que tá tudo bem. Sei que ir atrás da nossa felicidade pode mexer com crenças e sonhos, sei que no meio do caminho descobrimos pensamentos que precisamos mudar, nos deparamos com decisões práticas que afetam a nossa vida diretamente e, muitas vezes, de quem está ao nosso redor também.

Mas também quero dizer que a hora que tudo começa a andar e fazer sentido – especialmente dentro da gente – esse peso vai ficando mais leve. A gente vai começando a ver sentido nas coisas, a renovar as nossas forças e a nos dar resistência para seguir até o fim.

Persista, mesmo quando você tiver um dia ruim. Viva esse dia, acolha e aceite essa tristeza, tente entender o que ela tem a te ensinar e no dia seguinte, siga de onde parou. O caminho de ser feliz pode ser mais complicado do que você imaginou, mas é um lugar de paz quando se chega nele. Ninguém pode fazer isso por você, mas você pode. Não desista!

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta