0 em Autoestima/ Looks/ Moda no dia 04.05.2018

Look da Jô: barriga de fora

Eu sei que já havia apresentado meu umbigo pra vocês em outro texto. Acredito que atualmente vocês estejam todos familiarizados com esse buraquinho que fica no meio da minha barriga. Depois desse look icônico que postei aqui quebrei o jejum de uma vida inteira de looks com ele aparecendo. Cheguei a trazer a transparência aqui para o blog e aos poucos entendi que estava mesmo liberado usar a moda de forma livre, sem me prender ou me restringir por não ter o tal do corpo que sempre considerei padrão. Abri mão da crença de que para usar barriga de fora ou transparência eu precisava mudar meu corpo, e internalizei que eu precisava mesmo era mudar o meu olhar, afinal, só ele me limitava e me diminuía.

Se em junho do ano passado ousei de trazer o tema pro blog, posso dizer que foi em janeiro de 2018 que eu realmente abracei de verdade esse novo olhar para as peças de barriga de fora. Usei pela primeira vez uma blusa que comprei entre 2011 e 2013, mas nunca achava que eu tinha chegado no corpo para usá-la. Eu a guardei durante anos e sempre mantendo ela ali, em stand by, para ser usada no dia que eu fosse magra o suficiente para usar uma peça de cintura alta com aquela blusa. Doce ilusão, era apenas mais uma crença limitante que me impedia de me expressar através da moda.

print-2

Postei o desabafo no insta e recebi tantas mensagens lindas que resolvi que iria mesmo quebrar essa minha antiga prisão. Vocês me ajudando no meu processo mais uma vez. Aos poucos fui ficando mais confortável e mais à vontade.

Não é a toa que comprei uma blusa super curta na minha última viagem e tô que tô usando ela. Comprei achando que seria pra um dia que eu acordasse poderosa e bancasse a barriga de fora, mas a verdade é que estou usando sempre que tenho vontade. Não foi preciso de coragem pra usar essa peça, foi só preciso de liberdade.

print-1

clique aqui para ler o texto inteiro no insta do @futilidades

Nesse clima, usei esse look outro dia e um monte de gente elogiou no stories do @futilidades. Fiquei com vontade de postar, e foi nesse clima que aproveitei para usar essa produção no dia da minha sessão de fotos com o Pedro Mena. Fui de barriga de fora e ainda aproveitei para brincar com a cor da sandália, que casava perfeito com o detalhe da calça.

look-joana-cannabrava-3 look-joana-cannabrava-5

blusa e calça verão (em liqui) passado Karamello | sandália nova da Vicenza

Karamello vem provando que chegou pra ficar porque o que vocês me veem repetindo roupa de lá não está no gibi, né? Acho ótimo ver uma marca com uma grade tão honesta ter tantos looks com a cara do Rio de Janeiro e que cabem em mim, que to naquele limbo de 44/46 que não costuma achar roupa nas lojas “comuns” e ao mesmo tempo não se enquadra no nicho de plus.

look-joana-cannabrava-2 look-joana-cannabrava-1

Nesse look temos uma sandália inédita, que eu quis depois de ter visto no insta da Thassia Naves. Ela tem O tamanho de salto que eu amo, tem várias opções de cores e ainda pode ser destaque de looks mais básicos, que no meu caso de pessoa mais básica, acaba sendo fundamental. Para quem achou esse veludo laranja muito ousado, vou compartilhar essa cor linda de viver, mais clássica e sem ser de veludo, mas no mesmo modelo. Eu particularmente acho que vou usar muito, assim como uso a preta dessa vibe que tenho da Cavage.

A verdade é que eu poderia falar horas sobre os nobres motivos que vejo para o mercado apostar mais em sapatos com esse tamanho de salto, mas vou voltar ao que interessa: minha barriga de fora. 

look-joana-cannabrava-6

Se no início ela era uma causa, uma luta, hoje ela me parece cada dia mais normal na minha vida. É cada dia mais sobre escolher um look que tenho vontade, cada dia menos sobre causar. Parece que ao tirar essa crença limitante nesse trabalho de autoconhecimento e autoestima, que faço aqui e na terapia, eu me vejo sem nenhuma limitação. Eu simplesmente usei esse look porque amei, sem medo do que vão falar ou julgar. Visualmente me pareceu lindo e já não acredito mais que eu precisaria ter um corpo mais assim ou menos assado pra isso, seja pela barriga de fora ou até mesmo pela calça branca. Cheguei do feriado relaxada e coloquei essa roupa, pelo simples fato de que amei e não queria mais procurar defeitos em mim.

E vocês, o que acharam?

Tem o post completo da mudança do cabelo aqui.

Beijos

 

Fotos: Pedro Mena | @menaphotography

——

Posts de look que falam da liberdade com o corpo:

Oi, esse mé meu umbigo, prazer!

Transparência agora eu posso! 

Transparência de novo, no Rock in Rio! 

Peitos soltos, livres e não tão em pé!

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta