0 em Looks/ Moda no dia 15.03.2017

Ombrinho gelado, meu (nem tão) novo decote preferido

O título é muito estranho, eu sei, mas eu precisava traduzir o nome desse decote que por aqui se chama “cold shoulder”. É um nome muito tosco, que fez com que eu gargalhasse um pouco alto demais quando eu descobri e traduzi (sim, meu senso de humor pode ser meio bobo), mas faz todo sentido. As blusas ou vestidos que levam esse nome têm os ombros vazados mesmo com as mangas compridas, ou seja, o ombro fica exposto, e por consequência, gelado (ainda mais se você estiver aqui em NY no momento haha falei que meu humor as vezes é bobo).

A primeira vez que eu me apaixonei por uma blusa com esse decote foi no ano passado, quando a Ana Paula ex BBB apareceu com uma no programa e me inspirou virtualmente. Eu não descansei até achar a bendita – e comprei em preta.

Estou cada vez mais sem paciência para tendências passageiras e tento evitar comprar roupas que provavelmente enjoarão em menos de 6 meses ou então peças que não me valorizem só porque está na moda (acreditem, já fiz muito isso!) Esse tipo de compra com consciência é maravilhoso e tem feito com meu armário esteja se transformando em um ambiente cheio de peças que eu amo de verdade, facilitando a vida na hora de sair de casa e quando eu quero me sentir confiante sem dificuldade. Mas ele também me deixa menos criativa e muito mais exigente, o que nem sempre é algo legal.

Um exemplo recente foi o caso das blusas e vestidos ombro a ombro. Eu fiquei meses namorando várias peças nesse estilo mas impondo mil limites em mim, achando que não ficariam legais ou porque tenho peito grande ou porque eu tenho ombros largos e não deveria valorizá-los. Acho que o “ombro gelado” – que foi a primeira peça mostrando ombros que adquiri – foi o meio termo que me fez abrir a cabeça para experimentar o ombro a ombro.

Eu sou super entusiasta de usar roupas que nos valorizem, mas confesso que quando eu gosto muito de algo que pode não ser a melhor modelagem para mim, eu prefiro focar no que está me fazendo feliz, afinal a moda também foi feita para isso, né? Agora tenho vestido e blusa, inclusive já peguei a camisa do marido para tentar uma experiência, não me arrependo mesmo!

E apesar de eu seguir adorando essa tendência, meu carinho especial é todo para o ombro vazado, cada vez mais. Acho chic, acho sofisticado, acho sexy e acho democrático também. Meu tipo de decote preferido é o que cobre o pescoço, mas os que se dividem em alcinhas ou que parecem camisetas com ombros abertos também são super charmosos. Botei na minha cabeça que é o tipo de roupa que eu me vejo usando daqui a 20, 30 anos (e o fato de eu ver minha mãe usando blusas nesse estilo me incentiva, claro).

 

#acheinosafiliados

Vocês curtem andar por aí de ~ombrinhos gelados??

Beijos!

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta