4 em afiliado/ Autoestima/ Beleza no dia 07.03.2017

Os perfumes mais levantadores de autoestima da minha vida

Enquanto eu estava no Rio, abri meu armário do banheiro e percebi que tinha uma parte que ainda estava intacta desde quando eu me mudei para SP, há 7 anos atrás. Todos os perfumes que marcaram minha adolescência e começo da fase adulta estavam ali – todos com a validade vencida, claro.

Enquanto eu arrumava aquilo tudo e jogava fora os vidros, a nostalgia me incentivou a fazer esse post, porque eu me dei conta que perfumes sempre estiveram associados à minha autoestima. E ainda estão! Queria muito ser aquela pessoa que é reconhecida e lembrada por uma fragrância específica, mas já aceitei que isso não vai acontecer comigo porque cada fase da minha vida teve um cheiro diferente, e de certa forma acho isso bem legal.

contei por aqui sobre os perfumes que eu escolhi para chamarem de meus (e nada mudou de lá pra cá), agora vou contar para vocês os principais perfumes que alavancaram minha autoestima e minha segurança em diversos momentos! Depois quero saber de vocês…

1 – Cool Water, da Davidoff – Acho que esse é um dos primeiros perfumes que eu tenho a lembrança de usar por um motivo específico. Tinha lá pelos meus 13, 14 anos e na época era muito legal e “prafrentex” usar perfume masculino. Me achava muito segura e descolada encharcando meu moletom da GAP com ele.

2 – CK One, da Calvin Klein – Ele foi um pouco depois do Davidoff, na época que eu me sentia segura se estivesse fazendo o que todo mundo estava fazendo. E todo mundo usava esse perfume (ou o CK Be, da embalagem preta), então passei a usá-lo também.

3 – Tommy Girl, da Tommy Hilfiger – O primeiro perfume que eu ganhei de um namorado, como não considerar icônico? Claramente eu achava ele especial e por causa disso acabava me sentindo especial também toda vez que eu usava (que era sempre, por alguns anos).

4 – Coco Mademoiselle, da Chanel – Aí cheguei naquela fase 18/19 anos, I’m not a girl, not yet a woman como já dizia minha amada Britney Spears. Tinha cansado de todos os perfumes da minha adolescência e não queria usar os perfumes da minha mãe. Queria me sentir confiante, sofisticada mas ainda assim ~novinha sensacional, e foi aí que eu encontrei o Coco Mademoiselle, que é feito justamente para esse nicho de mercado. Acho que foi o perfume que eu  mais usei na vida, o último vidro que eu comprei acabou no ano passado e estou ensaiando comprar um novo, por mais que hoje eu use outros perfumes. Ele é o que eu mais me identifiquei e o que mais representa quem eu sou, ele vai além de fases (e é engraçado isso, né? Muito subjetivo). Se me mandassem escolher um perfume para resumir a minha vida, seria ele.

5 – Infusion d’Iris, da Prada – De todos os que eu tenho é o que eu menos me identifico, confesso. Mas ele é icônico por um único e simples motivo: ele foi um dos primeiros que eu comprei para tentar celebrar minha fase sou mulher e não mais adolescente. Queria algo ousado, sofisticado, poderoso, marcante e ele é tudo isso mesmo. A diferença é que ele é de fases pra mim, as vezes enjoo, as vezes amo. Mas como eu comprei querendo me sentir daquela forma, até quando eu to na fase de odiar, é inegável que ele me faz sentir tudo aquilo que eu queria quando trouxe ele pra casa.

6 – Hiris, da Hermès – Comprei há quase 3 anos em uma época que eu precisava me sentir única, diferente e interessante. Acho que estava insegura e quando o encontrei, sabia que tinha achado uma fragrância muito especial. Toda vez que quero me sentir a dona da p%$a toda eu uso o Hiris. Junto com o Coco Mademoiselle, é meu perfume pra vida, pena que é tão difícil de achar.

Quais são os seus perfumes levantadores de autoestima? Me contem!

 

Gostou? Você pode gostar também desses!

4 Comentários

  • RESPONDER
    Ludmila
    07.03.2017 às 18:43

    Chance da Channel! Amo!

  • RESPONDER
    Priscila
    08.03.2017 às 10:31

    O Infusion D’Iris me faz sentir poderosa, elegante! No trabalho vários pessoas elogiam, o que me reforça ainda essa sensação!rs E gosto muito do Chance, da Chanel (o rosa). É marcante mas delicado.

  • RESPONDER
    Mara
    10.03.2017 às 16:23

    Mara
    sou da turma do CK Be e amo até hoje! :-)

  • RESPONDER
    Lucas
    27.04.2017 às 23:13

    Gostei.

  • Deixe uma resposta