4 em Autoconhecimento/ Autoestima/ Destaque no dia 05.01.2017

Uma e-procrastinação saudável, por favor!

Outro dia passou um link pela minha timeline e eu cliquei. Enquanto eu lia fui ficando bem incomodada, mas por algum motivo que meu lado racional desconhece, ao invés de fechar a janela eu fui lendo mais. Vendo os comentários. Tweets. E depois procurando links relacionados.

Depois de umas 2 horas em que eu poderia estar botando o sono em dia mas estavam sendo usadas para pesquisar o desenrolar do link compartilhado, eu saí do feitiço e fiquei me perguntando por que eu gastei preciosos minutos da minha vida em um assunto que não tinha me feito bem desde o início.

O problema é que eu sou assim mesmo, não foi um caso isolado. Eu gasto preciosas horas enfeitiçada por assuntos que não me acrescentam nada, checando perfis de pessoas que eu não gosto ou que não fazem mais parte da minha vida, até mesmo entrando em conversas sobre coisas que não me interessam realmente. E o que eu faço para mudar esse quadro de procrastinação? NADA! Nada?? Pois é, se bem que agora to aqui, reclamando pra vocês disso. Já é um início! rs

Tem algo de irresistível em e-procrastinar e as redes sociais só ajudam nesse vício, vocês não acham? Hoje em dia é muito fácil stalkear o ex, fuçar o perfil daquela menina fitness sendo que você detesta salada e academia, passar horas falando mal da menina do trabalho no grupo do whats ou até mesmo entrar numa discussão acalorada de internet com gente que você nem conhece. Se bobear a gente faz isso todo dia, diversas vezes. Se existir um aplicativo que faça um relatório de horas que eu passo na internet fazendo algo que não é tão produtivo assim, eu acho que não vou querer saber o resultado.

E por que eu to falando isso tudo? Por que eu botei na minha cabeça que quero me policiar quanto a isso e parar de focar no que não me acrescenta. Não quero passar horas vendo a vida da mãe supostamente perfeita no instagram para depois olhar para a minha cara no espelho e me achar uma bagunça porque não to maquiada, penteada e brincando com o Arthur no tapete perfeitamente limpo vestindo um lindo vestido longo e fluido. Não quero seguir veículos que só produzem matérias falando mal dos outros ou gongando (ainda tenho dificuldades, confesso). Quero estar sempre conectada e atualizada mas não quero ficar horas me abastecendo de notícias ruins ou de desdobramentos dessas notícias. Não quero ficar hipnotizada por tretas nas redes sociais, tretas essas que na maior parte das vezes eu nem estou participando. Aliás, quero fugir de comentários de portal! Por que eu cismo em descer a página para ver se existem pessoas sensatas comentando ali? Nunca tem!

Quero procrastinar, sim, afinal é um hábito que além de gostoso pode ser um bom estimulante até mesmo para a criatividade. Mas quero me encher de referências saudáveis (e não no sentido fit), que me botem pra cima e me deixem feliz. Não pretendo ser perfeita, santa, parar de falar de amenidades ou ficar calada quando surge algum assunto polêmico entre as amigas, mas acho que se rodear de sentimentos, pessoas e inspirações legais também ajuda na criação de uma autoestima bem consolidada, não acham?

Quem quiser dividir lugares legais da internet para a gente se encontrar, to doida pra saber! :)

Beijos!

Gostou? Você pode gostar também desses!

4 Comentários

  • RESPONDER
    Ana
    05.01.2017 às 16:44

    Nossa! Tô igual! me sinto tão mal quando percebo que estou “fazendo nada” ao pular de link em link, insta em insta… Amei o texto mas, o que vc tem feito ou pretende fazer pra mudar isso? Sinto que perco muito do meu tempo útil e ativo (aquelas horas boas do dia, onde a gente rende) nessas atividades que não me acrescentam em nada!

    • RESPONDER
      Carla Paredes
      05.01.2017 às 17:36

      To me policiando para não entrar nessa, por enquanto só! Mas to aceitando dicas! rs

  • RESPONDER
    Rafaela Dondoni
    05.01.2017 às 18:13

    Também ando passando pela mesma situação e estou quase apelando por um método que a Nath do Me Poupe citou em um dos vídeos, coloca uma liguinha no braço, toda vez que tu se pegar fazendo aquilo que não te agrada, puxa a liguinha e solta, vai ser doloroso, mas dizendo ela que funciona mesmo rs, vou testar.

  • Deixe uma resposta