0 em casamento/ Comportamento/ Convidadas/ Roberta Drable no dia 22.12.2016

Noiva: a escolha do vestido!

Oi, queridas! Faltando pouco menos de 06 meses para o casamento (acreditem, a ansiedade já está a mil!), estou aqui para contar (e quem sabe ajudar) um pouco da minha saga para a escolha do meu vestido.

1453999591-giphy-5

 

Quem leu os meus posts anteriores – sobre meus aprendizados e sobre a organização – sabe que eu nunca considerei ser portadora do “gene noiva” ou algo parecido, aquele que te faz sonhar dia e noite com o casamento, pedido com o namorado ajoelhado no Dia dos Namorados (aliás, no meu caso, eu descobri antes do pedido!), lua de mel em Paris e por aí vai… a única coisa mais ou menos parecida que, às vezes, fazia parte do meu “zap” diário nos canais da TV a cabo eram aqueles programas de escolha de vestidos!

Gente, o que são aqueles vestidos tenebrosos que aparecem naqueles programas? E as situações bizarras? Nunca esquecerei um episódio em que a noiva levou o noivo (Oi? Jamais! Nem se estiver fora de si faça isso!) e o cara falou, sem escalas, “se você for vestida assim, pedirei ao padre para mudar o discurso do “felizes para sempre”. Na hora, confesso que achei a coisa mais surreal; hoje, como noiva, não apenas continuo achando mega surreal como eu saltaria ao melhor estilo “mortal kombat” daquele “palquinho” em cima do cara (jamais, sob hipótese alguma, deixe alguém fazer comentários nonsense nesse momento! Não me imaginaria escrevendo isso mas, sim, ficamos muito vulneráveis!).

Então, voltando ao meu momento, já com a parte de decoração e do buffet do casamento organizados, veio o grande dia! Novamente, a “Nossa Senhora das Noivas Desesperadas” foi muito bacana comigo e reduziu a minha busca!

Selecionei 02 lojas indicadas por amigas e, inicialmente, estava bem tranquila em alugar ou fazer 1ª. locação do vestido.

Rumo à primeira loja: atendimento ok, vestidos com cortes nada aquilo que eu imaginei e…. tchan tchan tchan tchan alguns totalmente suados! Vocês não imaginam a minha cara quando a mulher começou a abrir aquelas proteções! E quem disse que eu experimentei? Confesso que fiz aquele “draminha básico”, disse que não tinha amado nenhum e que, assim, preferiria ver outras opções.

Vamos para a segunda loja indicada: já um pouco descrente depois da primeira experiência desastrosa, não coloquei muita fé. É só comigo ou vocês também têm a impressão de que “o mundo” ama vestido estilo princesa? Quase todas as opções eram nesse estilo! Lá pelas tantas, a palavrinha mágica: “temos uma arara toda em promoção”. Berrei! De fato, achei um vestido que tinha tudo a ver comigo, mas….. a barra estava encardida e rasgada! Além disso, por ser preço promocional, a loja não iria se responsabilizar por eventual dano com a renda. Nessa hora, o desespero bateu!

the-one-with-the-cheap-wedding-dress_friends_phoebe

Contando com um “joinha” da “Nossa Senhora”, marquei horário em um ateliê em que os vestidos já estão prontos e são apenas moldados conforme as medidas da noiva e, quando eu menos esperava, lá estava ele me olhando “com um sorrisão encantador”! Gostaria de pedir as minhas mais sinceras desculpas para quem eu falei que não acreditava que sentíamos algo diferente e que sabemos exatamente quando encontramos “O Vestido”. Sem dúvida, a sensação é única. Ainda tenho algumas provas pela frente, mas está ficando exatamente como eu imaginei!

A essa altura do campeonato, um pouco diferente da Beta do primeiro post, já me sinto muito ansiosa, animadíssima montando o enxoval e o apartamento e, cada foto fofa de casamento que eu vejo, vem o suspiro. Quero muito que chegue logo o meu grande dia!

Por fim, reitero algumas dicas que achei valiosas para esse momento: pesquisar é vida, seja em revistas, nas redes sociais, é importante já ter um “norte” no momento de começar a procurar o vestido. E, please, pense naqueles programas de noivas escolhendo o vestido e passe longe de pessoas cheias de opinião pois nesse momento, o foco é você e só você e o que você espera e sonha! Sempre terá alguém cheio de ideias, palpites de algo que viu em algum lugar, alguma coisa muito maravilhosa… stop! Pense no que você quer para você e se jogue nesse mar de possibilidades (por favor, apenas retorne à superfície linda, leve e poderosa com aquele vestido baphonico para você!).

Um beijo enorme e até a próxima (que certamente estarei escrevendo à base de muito Rescue – também é vida! – e muito chá de camomila)!

banner-roberta-drable

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta