3 em casamento/ Convidadas no dia 10.11.2016

Noiva: O que estou aprendendo desde que alterei o meu status

Outro dia no nosso grupo no Facebook rolou uma discussão sobre noivas e casamentos que inspirou a Beta, leitora do futi que está noiva e quis escrever sobre isso. O espaço é todo seu, Beta!

Placa de casamento - Elo7

Placa de casamento – Elo7

Oi, meninas! Invadi o blog dessas super queridas para contar um pouquinho dessa minha experiência.

Inicialmente, eu não queria casar. Nunca fui dessas meninas que não podiam ver uma Barbie vestida de noiva que já saiam correndo pedindo para a mãe ou que enchiam o saco para ser daminha de casamentos (na verdade, fui apenas uma vez, com 07 anos e achei a experiência muito cansativa! Rs! A cerimônia durou 04 horas!).

Enfim, há um ano a minha vida mudou consideravelmente: fiquei noiva e recebi um convite para um emprego novo super bacana!

Como eu sempre fui muito dedicada à carreira, me joguei com força e pensei: “serei uma noiva mega low profile”. Também não posso negar que a minha mãe vem sendo incansável, uma fada madrinha mesmo!

Bem, desde em que começamos os preparativos, eu venho tentando ser muito prática, escolhendo sem muitas frescuras e assim foi com a decoração, docinhos, flores, bem casados, bolo, vestido (sim! Foi o segundo que experimentei!) e sapato (yes, o primeiro!). Inclusive, sempre ganho elogios dos fornecedores por ser tão prática e sem muitos nhemnhemnhem (uhu, estrelinha dourada para mim!). Sério, não consigo imaginar esse povo que faz escândalos, é mal educado com os fornecedores (gente, são eles que cuidam para tudo ficar perfeito!) e/ou fazem exigências surreais (sim, ao que parece, existe um “fantástico mundo das noivas”).

Então, tudo parecia cor de rosa e calmo, até que…. a lista! Sim, minhas caras, nesse momento descobri “o lado negro da força dos casamentos”! Jamais podia imaginar que uma caneta e um caderninho pudessem ser tão cruéis! A partir do momento em que você precisa delimitar pessoas queridas em um determinado número, o “Castelo da Cinderela” se torna “o Castelo do Moon-rá”. Pois bem, incontáveis conversas com famílias, exercício de flexibilidade bizarro, sem contar pessoas que não tem jeito, você tem que convidar.

Assim, sem perceber, ela, sim, a ansiedade chegou como um tsunami e vem me levando boas e necessárias horas de sono. Sonha para cá, acorda agitada, como num susto porque lembrou que se esqueceu de colocar algum nome e haja exercício para uma verdadeira “lipoaspiração” naquele papel.

Outro obstáculo nessa “corrida maluca de sentimentos” que venho enfrentando é o bom (mentira!) e velho palpite… Gente, sério, nunca imaginei que noiva fosse um ser capaz de receber um bombardeio de sugestões, de onde você menos espera. Sou super tranquila, então, algumas são até bem valiosas… mas e o povo “nonsense”? Tipo, estou comendo algo e lá vem comentário: “você é noiva, não pode engordar”. Oi? É uma patrulha bem “antenada” naquilo que você está fazendo… O mesmo serve para manutenção do cabelo comprido (“imagina noiva que não pode fazer um penteado”?) ou, então, se estou com meu “bronze Escritório” (“o vestido já é branco, vai ficar uma coisa meio desbotada”). Haja paciência!

Para resumir? Ainda que o estresse venha, você tenha que fazer um exercício mental potente para não sair do salto e as emoções flutuem, é uma fase muito gostosa de curtir! Foquem em ter a certeza de que tudo vai dar certo e aproveitem bastante esse momento mágico!

banner-roberta-drable

Gostou? Você pode gostar também desses!

3 Comentários

  • RESPONDER
    Gabriela Ribeiro
    11.11.2016 às 18:03

    E é por todos esses motivos que eu vou fazer um micro wedding surpresa! Sério, não tenho saco pra isso tudo, rs. Nunca tive vontade de festão. Eu e meu namorado só conseguimos nos animar com a ideia de casar quando decidimos que íamos convidar só nossos pais, irmãos, sobrinhos e a avó dele. São 14 convidados. E vai ser surpresa, hahaha! Vamos inventar uma história pra reunir todo mundo e lá na hora que eles vão saber que na verdade é nosso casamento. Porque eu não dou conta desses pitacos não solicitados, rs. Vai ser lindo estar com as pessoas mais importantes pra gente e com zero encheção de saco, hehe

  • RESPONDER
    Alessandra
    11.11.2016 às 21:02

    Não tive problema algum com lista e olha que casei 2x já! O primeiro com 200 convidados e o segundo, com 27… Nem no primeiro, que foi bem maior, perdi minhas noites de sono com isso…
    É adotar um regra objetiva e estar preparada lidar com o possíveis olhares tortos que virão..

  • RESPONDER
    Mundo do Crochê
    25.07.2017 às 10:35

    Oi, amei o seu blog. Você consegue passar informações muito valiosas. Parabéns pelo trabalho e nunca pare.
    Eu tenho uma lojinha de crochê online, quem puder acessar, fico grata: http://www.mundodocroche.com.br/tapete-de-barbante-quadrado

  • Deixe uma resposta