4 em Autoestima/ Deu o Que Falar no dia 01.11.2016

Ignorando a Beyoncé

Outro dia parei para ver um vídeo que estava sendo super compartilhado na minha timeline. Nele, uma série de vídeos e fotos de Beyoncé e Kim Kardashian aparentemente provavam que Kim tenta forçar uma amizade com Queen B mas é constantemente ignorada. Imaginem, nem playdate da Nori com a Blue Ivy aconteceu! *** muito sarcasmo envolvido***

Por um momento vamos fingir que isso não foi uma tentativa do tabloide de criar uma competição entre mulheres (o que tá na cara que foi) e vamos fingir que não é porque os maridos delas são amigos que elas são obrigadas a virarem BFF’s. Quero me basear apenas na informação de uma pessoa que é flagrada ao ser ignorada por alguém que ela tenta impressionar.

Afinal, quantas de nós já não passaram por essa situação? De querer a amizade ou simplesmente a aprovação de alguém que não dá – e nem faz questão de dar – a mínima pra gente? Se eu for pautar por mim, isso já me aconteceu dezenas de vezes e nem sempre eu estou preparada para lidar com isso.

Inclusive passei por uma situação há poucos meses, quando fui solenemente ignorada por uma pessoa que nunca foi exatamente próxima mas eu sempre curti e admirei. Fiquei alguns dias bem chateada até que comecei a me perguntar: Eu fiquei mais chateada pelo sumiço sem explicação ou pela rejeição? Eu realmente preciso da aprovação dessa pessoa para viver minha vida?

E foi aí que, por incrível que pareça, me peguei usando esse exemplo das duas celebridades para refletir. Supondo que realmente Beyoncé não suporte Kim Kardashian, a primeira coisa que me veio na cabeça é que Kim não precisa de Beyoncé para nada. Só conseguia pensar que ela é uma mulher extremamente bem sucedida e influente e nunca precisou de Beyoncé para isso, por que precisaria agora? Claro que no meio delas, uma amizade sincera seria ótimo e provavelmente Kim se beneficiaria disso, mas ela realmente precisa da aprovação de Beyoncé? Não sei vocês, mas eu concluí que não.

Acho que tirando situações de trabalho, que bem ou mal é bom ter a aprovação da sua (ou do seu) chefe se você quiser continuar no emprego (e mesmo assim sempre existe a possibilidade de largar tudo e tentar vaga em outros lugares), não vejo o mínimo sentido em ficar se esforçando por gente que não faz questão.

frase

Aprendi recentemente com a Thais, coach com foco no universo feminino, que quem tem que ficar, fica. É um processo natural, sem drama, sem precisar ficar mendigando atenção ou aprovação. Pode parecer óbvio, mas não é. Talvez a gente não consiga se aproximar de quem a gente gostaria e provavelmente teremos que engolir alguns sapos no meio do caminho, mas faz parte. Se Kim não precisa de Beyoncé, você também não precisa se esforçar para conseguir a aprovação de quem não merece seu tempo. ;)

Beijos!

banner-SNAP-ca

Gostou? Você pode gostar também desses!

4 Comentários

  • RESPONDER
    Gabriela
    03.11.2016 às 12:22

    Oi, Carla!
    Vejo o blog diariamente, mas nunca comento…
    Amei o texto e super concordo!!! Beijo

  • RESPONDER
    Laura
    03.11.2016 às 14:16

    Carla, cê não sabe como fez bem ler esse texto! Nunca tinha parado pra pensar por esse lado. Às vezes a gente fica dando murro em ponta de faca né? Não é fácil aceitar, mas pensar desse jeito ajuda. Obrigada por essas palavras!

  • RESPONDER
    Karla
    03.11.2016 às 15:25

    QUEM TEM – e quer – FICAR, FICA!
    Exatamente! Quem tem que ficar, vai ficar e, quem quiser ficar, vai se esforçar para permanecer também!
    Belo texto! Ótima reflexão, Carla! Adoro suas postagens!!
    Beijos

  • RESPONDER
    Mary
    05.11.2016 às 18:28

    A mais pura verdade… Claro que a gente sabe como essa midia manipula, por isso nunca fui muito nessa onda de alimentar rivalidade entre mulheres, famosas ou não. E de fato, na nossa vida, a gente não precisa de uma Bey pra nada. Se ela quiser ser nossa amiga, maravilha. Se não, cada uma de nós tem gente que nos adora ao nosso redor, não tem porque mendigar afeto de ninguém. As veses a gente gosta tanto da Bey e queria mesmo ser amiga dela, mas a verdade é isso que vc citou: quem tem que fica, fica!
    Adorei essa reflexão!

  • Deixe uma resposta