7 em Europa/ Turquia/ Viagem no dia 01.07.2015

Trip tips: Hotel St Regis Istambul

Eu ando super dividida. Parte de mim quer que eu entre com tudo nos posts de comportamento e outra parte quer que eu me jogue nos posts finais da minha viagem. Depois de pensar um pouco, achei melhor terminar com pelo menos uma parte da minha viagem, por isso, vou contar da minha experiência no St Regis de Istambul para vocês. Ele foi o último hotel que eu fiquei na cidade – e o que eu mais gostei! Merecia post especial!

joana

Primeira coisa a dizer é: LOCALIZAÇÃO. Eu AMEI o lugar. Conforme disse nos dois últimos posts sobre a cidade, Nisantasi foi o meu lugar favorito para andar sozinha, comer, beber e ficar tranquila, sem me preocupar. É uma área moderna como Ortakoi e Bebek, mas mais legal para viajantes ficarem, com muitos restaurantes, lojas incríveis e bares. O St Regis fica no melhor ponto, eu andei literalmente sozinha à noite ali várias vezes e achei o lugar perfeito. Cosmopolita, moderno, descolado e seguro. Sem dúvida foi o lugar mais fresh e ao mesmo tempo chique que eu vi por lá. Como já falei, eu não ficaria na parte antiga da cidade, acho que se perde muita coisa.

O St Regis fica muito perto – isso quer dizer, a uma distância barata de táxi – da maioria dos lugares legais e a parte antiga, que não é tão pertinha, mas também não é longe. Todos os restaurantes legais que nos indicaram eram relativamente perto, quando não eram ao lado. ;)

Ok, superado o fato de que eu morri de amores pela localização, vamos falar do hotel em si. Primeiro não dá para não morrer de amores com a coleção de arte, a decoração moderna, os mármores mais lindos que eu vi e os detalhes de cobre que cercam o lugar. Como ele é bem novo, o projeto é muito atual, e muito lindo.

st-regis-istambul-details detalhes st-regis-detalhe-3

Assim como todos os St Regis do mundo, o hotel comporta luxo, modernidade e frescor de uma maneira bem equilibrada e aconchegante. O serviço é impecável, o conforto indiscutível e os restaurantes maravilhosos. Acho que foi o hotel de “grande cidade” que mais gostei, foi uma relação de tanto amor que eu repeti restaurante, repeti drink e ainda voltaria e faria tudo de novo.

ST-REGIS-ISTAMBUL

A TV que se camufla no espelho!

 

A Brasserie do primeiro piso foi meu restaurante preferido de Istambul, almocei lá à convite deles na primeira parte da viagem e na volta, eu e minha mãe decidimos fazer um repeteco, ambas as vezes tudo estava DOS DEUSES, o chef é fantástico. Também estive no bar desse restaurante algumas vezes e tomei o melhor Aperol Spritz de TO-DA a viagem, ou seja devo ter tomado uns 6 ou 7 ao todo (só lá). rs

st-regis brasserie-st-regis

No sétimo andar eles servem o café da manhã, que tem bufet e/ou à la carte. Eu provei os dois e fui muito feliz nas minhas escolhas. O restaurante lá de cima se chama Spago e tem o menu assinado pelo chef Wolfgang Puck – o mesmo chef do The Cut, meu restaurante favorito de Las Vegas. A loucura por uma mesa era tanta que a gente acabou resolvendo não reservar, só fomos lá para uns drinks e ver o pôr do sol do último dia, mesmo sem a experiência completa, foi uma delícia.

cafe-da-manha

spago

As dependências de SPA e piscinas eram lindas, mas só visitei por alto. Da próxima vez, já decidi que eu vou tirar um tempo para curtir com calma e fazer mais um HAMAM, afinal, é impossível ir à Turquia e não experimentar um banho turco. A Dani Noce fez o de lá e morreu de amores.

Quanto ao quarto e o serviço, eu achei tudo tão impecável que nem sei dizer. O mordomo veio oferecer seus serviços e se colocou à disposição 24 horas por dia (ainda dando o email, para quem odeia telefone como eu). Eu deixei uma mala guardada no hotel por mais de 10 dias e eles não me cobraram nada, sem contar o café quentinho servido no quarto nos dias que acordamos de madrugada para pegar o avião, um mimo só.

Cópia de st-regis-istambul

meu quarto das 2 últimas noites quando voltei a Istambul

st-regis-

Meu quarto durante os primeiros dias!

closet

closet super espaçoso!

st-istambul-room

Além disso, uma pausa para falar do banheiro lindo (eu me ligo muito nessa parte do quarto em hoteis, vocês também?), da televisão que mais parecia parte do banheiro, da tecnologia de luzes e cortina, do conforto da cama e por fim, do som compatível com meu celular – nada como caixas de som enquanto a gente faz make e escolhe a roupa pra sair, não é mesmo? rs

banheiro-2 restroom detalhe-4

Sem dúvida tudo foi perfeito. Todos falavam inglês, do segurança ao concierge e quando viam que íamos sair de taxi sozinhas, nos davam um cartão com o endereço, o mapinha e tudo mais, para não ter dúvidas de onde o taxista tinha que nos levar.

A placa do Love fica na esquina do hotel, nos lembrando que a história do St Regis começou em NYC, inclusive, fiquei morrendo de vontade de conhecer o hotel por lá.

A rede me ganhou totalmente com essa experiência. Minha vontade agora é indicar uma lua de mel zero óbvia para todas as amigas: Istambul no St Regis (luxo super moderno) e praia em Bodrum no Kempinski (super praiano). Dois hotéis 5 estrelas que roubaram meu coração. Espero repetir essa dobradinha logo.

Fazer esses posts está me deixando com MUITA saudade das férias, isso porque eu deveria estar é pegando no tranco da rotina. ;)

E aí, curtiram? Quem acompanhou no snapchat (blogfutilidades) sabe o quanto eu amei essa experiência!

Beijos

barra-futi-viagens-turquia

Gostou? Você pode gostar também desses!

7 Comentários

  • RESPONDER
    gil
    01.07.2015 às 20:55

    oi jô, essa sua foto de roupao achei linda, mas morro de medo de fazer, sempre penso q aparece algo kk mrs joana, que chique mulher haha s2 fiquei chocada com a tv no espelho, meio olografico, nao sou acostuada a isso, para mim isso é filme kk o quarto é bem elegante jô, arrasou amor <3
    jô, me visite também:
    http://www.gilvaniaevans.com

  • RESPONDER
    Cristiano
    01.07.2015 às 22:10

    Boa noite gurias.

    Só uma palavra: Irado!

    Abraço! =D

  • RESPONDER
    Fany
    02.07.2015 às 0:14

    Qdo estive em Istambul, só fui na parte antiga, mas AMEI ! Agora, depois desse post, milhões de motivos para voltar! Bjks, Fany

    • RESPONDER
      Joana
      02.07.2015 às 8:26

      Que bom ;)

      Super quero ver se a Michele da Turistambul me ajuda a montar um roteiro básico da parte moderna! :)

  • RESPONDER
    Leila Figueiredo
    02.07.2015 às 6:43

    Jo, esse hotel custa 1000 reais por noite, o quarto mais barato. Quem pode pg um preco desse? Vcs poderiam colocar hoteis mais baratos tb ne? pq assim ta dificil. fiquei num hotel na parte velha da cidade, mas muito mais barato.

    • RESPONDER
      Joana
      02.07.2015 às 8:25

      Oi Leila,

      Com certeza não é um hotel em que todo mundo possa ficar, mas não posso falar “da mesma forma” de um lugar no qual não fiquei. Inclusive acho que seria leviano.

      O W é super bem localizado, falei dele em outro post da cidade! Eu olharia o preço dele e adorei também, repetiria a dose de ficar lá com toda certeza.

      Além de tudo acho que vale chegar no booking e olhar as marcações de hotéis perto desse, no mesmo bairro! Para ai escolher um que tenha os atributos que você preze mais. Quando eu estou procurando algo de valores menores eu sempre foco na localização e limpeza, por exemplo.

      Eu já paguei valores que variam tanto que não quis deixar de falar, nem desse e nem do próximo! Tudo varia da época, da viagem e afins. Já paguei 90 euros a diária de um apartamento, já fiquei em albergue baratinho de 13 euros (há anos, mas era possível) e também já encarei diária de um pouco mais de 300 euros, tudo varia da época, da viagem e do budget. Se isso acontece comigo, pode acontecer com outras pessoas.

      Para mim o que realmente fica de dica para TODO MUNDO, de todos os bolsos, é ficar numa parte moderna que tenha muita coisa legal para fazer. Tem tanta coisa mais cosmopolita para fazer entre Nisantesi, Bebek e Ortakoi, que o que importa é a localização.

      O restaurante da Brasserie também é uma dica que darei sempre, ele custa a mesma coisa que um restaurante legal (eu diria comum) na zona sul do Rio. É uma delícia e não precisa estar hospedado lá para ir.

      Se quiser te ajudo a procurar hotéis perto dessa área, mas não posso fazer UM post indicando UM hotel onde não fiquei. Vou fazer um do W mais para frente, mas como te disse tem já fotos e detalhes no post do diário 1 e 2 de Istambul.

      Beijos

      Jo

  • RESPONDER
    Paola Alves
    02.07.2015 às 11:01

    Alterna os posts Cá! Com comportamento e a viagem <3 Vai ficar bem legal o conteúdo diversificado assim por aqui heheheeh além do que já é né!

  • Deixe uma resposta