7 em Comportamento/ entretenimento no dia 16.05.2015

Filmes da Sil: Mad Max – Estrada da Fúria

Alguns de vocês pediram e nós trouxemos a nossa leitora e amiga Silvia para escrever por aqui, ela está comandando uma coluna sobre cinema. Vamos ver o que ela achou sobre o filme de hoje?

E se você pudesse reviver um dos seus sucessos 30 anos depois? George Miller fez e assim temos o filme de hoje; Mad Max: Estrada da Fúria.

mad-max

Eu confesso uma falha ENORME na minha “educação cinematográfica”: não vi nenhum dos três primeiros filmes da saga mas, pelo que aprendi até agora, “Estrada da Fúria” não é um remake – mas também não chega a ser uma continuação: ele é seu próprio filme. E eu estava empolgadíssima para ver, não só pela campanha bacana que eles estão fazendo em cinemas – já viram o adesivo de “Só os loucos não economizam água”? – mas também pelo elenco. Sei que a maioria aqui provavelmente irá para ver o Tom Hardy, mas assumo logo que é Charlize Theron – ô mulher bonita – quem me leva para o cinema. Além de excelente atriz, não me lembro de um filme ruim dela.

Para quem não sabe, em setembro, meu marido começou a trabalhar em São Paulo. E acabei me mudando para a cidade bem no meio da crise de falta de água, portanto o argumento de “Mad Max” estava muito próximo da minha realidade. Eu sempre me preocupei com questões ambientais e sempre tive um certo medo do futuro. Portanto quando soube que o filme se passava em um futuro em constante guerra por petróleo e onde a água era um bem precioso, achei que poderia ser interessante. Mas, para minha surpresa, “Estrada da Fúria” é muito mais que isso!

mad-max-1

O filme é um filme de ação, e quando digo ação recomendo que não caia na tentação de beber muito líquido se você sofre de “bexiga pequena” como eu, risos! A história não para um minuto! No mundo pós apocalíptico, de estética “Diesel Punk” – pois ao invés de serem movidos por vapor, são carros e máquinas movidos por combustível – de George Miller, Max (Tom Hardy) é um ex-policial que é capturado por uma tribo comandada por Immortan Joe (Hugh Keays-Byrne). Joe controla as pessoas não só através de recursos, mas também com uma mitologia absorvida de nossa cultura atual: seus guerreiros irão para Valhalla, onde comerão ‘Mc Banquetes’ e não precisarão mais beber da ‘Aqua Cola’. Além de manter um harém ele usa outras mulheres para ordenhar leite materno. Bem, se tudo isso parece estranho para vocês, saibam que isso é apenas parte do filme.

Por se tratar de um história de ação cheia de carros e gírias automobilísticas, algumas pessoas podem achar que o filme é voltado para homens. Pode ser até que alguém pense isso, mas com certeza essa pessoa não prestou atenção na história do filme. Nem Max, nem Joe, são os verdadeiros heróis do filme, Charlize, como Furiosa, é quem assume esse papel, criando uma personagem extremamente feminista. Sim, “Estrada da Fúria” trata de diversas questões ligadas ao feminismo, como controle de natalidade e mulheres objetos, só para começar. Joe acredita que as mulheres estão lá para servi-lo, e como eu disse acima, cria um ‘sistema de ordenhação‘ para usar o leite materno como alimento para os seus guerreiros. Por último, não posso esquecer da simbologia da Terra e da Fertilidade, que não deixa de ser algo ligado ao feminino, afinal só existe vida onde a Terra é fértil.

cinema

Portanto “Mad Max: Estrada para a Fúria” é um filme que vale ser visto. Eu digo que ele não é um filme de ação, é O filme de ação. Pode ser que algumas pessoas não curtam tanto os seus excessos, mas “Estrada para Fúria” impressiona por conseguir contar uma história coesa mesmo com uma estética exagerada!

Beijos

Silvia

Gostou? Você pode gostar também desses!

7 Comentários

  • RESPONDER
    irene gomes
    16.05.2015 às 19:57

    O.K., Silvia, você me convenceu. Assistirei ao filme (não pretendia…) e depois digo se concordo ou não com seus comentários.

    • RESPONDER
      Silvia
      20.05.2015 às 22:37

      Depois tem que me contar o que achou!

      Bjs!

  • RESPONDER
    Larissa Guimarães
    17.05.2015 às 16:11

    Saí extasiada do cinema!! Ô filme bom!!! Faz tempo que não vejo um filme de ação com uma proposta diferente como a dele!!

    Assistam meninas, super vale a pena!

    • RESPONDER
      Silvia
      26.05.2015 às 16:31

      Larissa, eu tb!!! Saí já querendo entrar na próxima sessão, risos!!!

      Que bom que você curtiu tb!

      Beijocas!

  • RESPONDER
    Helvecio Parente
    18.05.2015 às 8:30

    Gostei do “diesel punk”!

  • RESPONDER
    Irene gomes
    08.10.2015 às 14:42

    Não curti muito não. Fiquei meio decepcionada …

  • Deixe uma resposta