12 em Ásia/ Comportamento/ Reflexões/ Viagem no dia 20.11.2013

Reflexão: Minha cabeça viajou pra Ásia

Pedir pra alguém fazer uma foto sua em um ponto turístico e esse registro sair no mínimo decente tem a mesma probabilidade de acontecer do que pedir pra um apicultor bombar no look do dia com seu uniforme.

foto-reflexao

Aqui na Asia não foi diferente. Eu e Carla já passamos por Bangkok, Ko Phi Phi com suas praias maravilhosas e pelo Camboja, com uma infinidade de templos deslumbrantes. Acontece que o registro que vamos deixar dessa nossa viagem para a posteridade é, no mínimo, escalafobético (adoro essa palavra mas raramente posso usá-la). É óbvio que não podemos exigir que todo ser humano seja um exímio fotógrafo. Até porque, se nós todos tivéssemos nascido da costela de Sebastião Salgado, o mundo nem cor teria (com todo respeito ao tremendo fotógrafo que ele é).

Pensando assim, se civilizações futuras encontrarem registros dessa nossa viagem daqui a mil anos, vão achar que a família Romero era descendente do Sr. e Sra Cabeça de Batata. Explico: todas as fotos que tiramos juntos tiveram o corpo cortado, só sobrando a cabeça.

Outro erro recorrente dos turistas caolhos é cortar os seus pés na foto. Não sei da onde vem a mania dessa gente de achar que os pés são uma parte sem importância do corpo e que não merecem o status de aparecerem junto à Torre Eiffel ou a uma pirâmide no Egito. Na minha opinião, os pés são mais importantes que as mãos. Vide a moda pra comprovar minha teoria. Quanto custa um Louboutin? Pois é. Já as mãos, coitadas… Quanto custa um DVD da Eliana Dedinhos? Tá vendo? Matemática pura!

Existe também aquela frase que se você quer que faça bem feito, faça você mesmo, certo? Errado. Uma “selfie” também é uma tortura. Você nunca consegue enquadrar direito, a sua cara fica gigante, seu papo fica maior do que um papo entre mães aposentadas, volta e meia parte do seu braço acaba fazendo parte da foto e o fundo, que costuma importar bastante, praticamente não aparece. Isso sem contar o malabarismo que é para fazer uma “selfie” bem feita.

Vamos combinar? Cortar partes de seres humanos é crime. Uma prática selvagem digna de filmes de terror. A solução é torcer pra aquele turista com uma camera gigante que tem tudo para fazer uma foto maravilhosa não ser descendente do Jack, o Estripador.

Bernardo Romero

Gostou? Você pode gostar também desses!

12 Comentários

  • RESPONDER
    Fany
    20.11.2013 às 23:27

    Concordo com vc ,Bernardo. Gargalhei com o seu texto! Fany

  • RESPONDER
    Letícia
    20.11.2013 às 23:31

    Ah, o olhar masculino!! Esse jeito direto e ácido de comentar a vida…
    Também gargalhei com esse texto!!! E lembrei da minha mãe que diz que só é aceitável “cortar” uma pessoa para foto na cintura…
    Mas não tem saída, essas fotos em ponto turístico servem apenas de prova de que você estava lá e não “catou” umas fotos pela internet rsrs

  • RESPONDER
    Li
    21.11.2013 às 9:03

    Gente!! Mas vocês ainda não conhecem o monopod? Solução de todos os nossos problemas!!
    Tem no DX, por 10 dólares! http://dx.com/p/stainless-steel-handheld-monopod-for-digital-camera-42504

    • RESPONDER
      Carla
      21.11.2013 às 12:57

      Geeeente, nunca tinha visto isso!!! hahahahah que engraçado!!

  • RESPONDER
    Suzane
    21.11.2013 às 10:57

    Adorei o texto, achei super engraçadas as comparações, agora SUPER CONCORDEI com o selfie.
    Gente nunca fui fotogênica e esse selfie veio pra acabar comigo, meldelsssssss um terror/horror/coisadelouco , quando eu sair bem em um selfie vou postar sempre, só mudando o filtro, kk.
    Beijo meninas and menino!
    http://www.queromoda.com/

  • RESPONDER
    Nathalia T.
    21.11.2013 às 12:15

    Estou de acordo, mas sou brasileira (e chata com isso) e não desisto nunca.
    Pedia 10 fotos até achar que tinha alguma satisfatória.
    Outra solução foi comprar um mini tripé chamado tripod! Ele salvou minhas fotos de casal em diversas viagens. #ficaadica

    Beijos

  • RESPONDER
    Denise
    21.11.2013 às 13:53

    Não podemos esquecer que na cultura Tailandesa os pés não devem ser mostrados!!!!
    Ponto para o casal cabeça de batata!

  • RESPONDER
    Marcela
    21.11.2013 às 15:32

    kkkkkkkkkkkkkkkkk! Morri de ri com essa foto. Talentosíssima a pessoa que bateu. Como quase todas as outras que podemos precisar desse favor por ai.

  • RESPONDER
    Juliana
    21.11.2013 às 15:33

    Hahahaha, sensacional! Acabei de viajar com meu namorado e passamos o mesmo perrengue, rs! Adorei o texto!

    Bjs!

  • RESPONDER
    Leticia
    21.11.2013 às 17:49

    Poxa… deveria ter colaborado c o blog há mais tempo!!!! Sensacional!!!!! Congrats!!!!

  • RESPONDER
    Carina Pedro Blog
    24.11.2013 às 16:18

    Adorei o post, muito perspicaz o autor! hehe.. tirar foto não é uma coisa fácil! Selecionar o assunto quando este é rico demais em detalhes, sem dúvida, é um desafio, ainda mais para fotógrafos amadores..
    Recentemente fui selecionar umas fotos para um post sobre dança e me dei conta de que em boa parte delas eu tinha cortado os pés dos dançarinos?!! rssss
    Mas estou aprendendo a cada dia, é legal compartilharmos essas dificuldades! =)

  • RESPONDER
    Rebeca Lisita
    28.12.2013 às 3:34

    ADOREI esse post! Descobri o blog de vcs recentemente, passei pra dar uma “olhadinha” e cá estou, 3h30 da manhã na página 17! kkkk viciante, estão de parabéns :)

  • Deixe uma resposta