7 em Book do dia/ Comportamento/ Cultura no dia 07.08.2013

Book do dia: A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón

Em junho, a Lorena indicou esse livro aqui nos comentários (amo receber indicações, por favor, podem mandar!). Comprei e deixei ele na lista de espera porque ainda tinha outros 2 na frente. Comecei há uns 15 dias atrás e não demorou nem 5 páginas para o livro me fisgar por completo.

resenha-sombra-do-vento-carlos-ruiz-zafon

A sinopse é essa, curtinha mas que dá um bom gosto do que vem pela frente: ‘A sombra do vento’ é uma narrativa escrita em uma prosa ora poética, ora irônica. Tudo começa em Barcelona, em 1945. Daniel Sempere está completando 11 anos. Ao ver o filho triste por não conseguir mais se lembrar do rosto da mãe já morta, seu pai lhe dá um presente inesquecível – em uma madrugada fantasmagórica, leva-o a um misterioso lugar no coração do centro histórico da cidade, o Cemitério dos Livros Esquecidos. O lugar é uma biblioteca secreta e labiríntica que funciona como depósito para obras abandonadas pelo mundo, à espera de que alguém as descubra. É lá que Daniel encontra um exemplar de ‘A Sombra do Vento’, do também barcelonês Julián Carax. O livro desperta no jovem e sensível Daniel um enorme fascínio por aquele autor desconhecido e sua obra, que ele descobre ser vasta. Obcecado, Daniel começa então uma busca pelos outros livros de Carax e, para sua surpresa, descobre que alguém vem queimando sistematicamente todos os exemplares de todos os livros que o autor já escreveu.

Confesso que essa foi a primeira vez que eu senti falta de ter o livro físico. Como eu leio no Ipad, eu acabo não sabendo qual é a grossura do livro e agora, o Iba está com um layout novo que não diz em que página você está, diz quantos por cento você leu. Dessa vez, parecia que quanto mais eu lia, mais páginas surgiam. De certa forma foi até bom, porque eu realmente fico triste quando vejo que um livro que eu gosto está chegando ao fim. hahahaha

Bem, já deu pra ver que eu gostei do livro, né? Apesar de Zafón ser tudo menos sucinto, eu achei o livro uma delícia! Os personagens são bem definidos e a narração é feita de um jeito que dá pra imaginar perfeitamente os ambientes, as pessoas e suas reações e, de quebra, ainda dá pra sentir um pouco do ar de Barcelona, por mais que o livro se passe em 1945.

Sinceramente, não tenho muito mais o que falar além de indicar de olhos fechados. Aliás, botei a foto do livro outro dia no insta e me surpreendi com a quantidade de gente que comentou falando bem! Vou deixar os comentários aqui pra quem ainda estiver na dúvida:

sombra-do-vento-resenha

A boa notícia é que é uma trilogia, ou seja, não precisarei ficar com gostinho de quero mais!

Lorena, obrigada eternamente por ter me apresentado a esse livro! :)

E quem ler, depois me conta o que achou!

Beijos

Carla

Gostou? Você pode gostar também desses!

7 Comentários

  • RESPONDER
    Lorena
    07.08.2013 às 22:42

    Adorei que vc gostou!! É um dos meus livros favoritos!! E pra quem não leu só queria acrescentar que apesar de ser uma trilogia são livros independentes. Podem ser lidos em qualquer ordem, ou seja, todas as histórias tem começo, meio e fim. Ele tem um livro bem menor, mas com esse estilo de suspense e também se passa em Barcelona, chamado “Marina”. E esses dias comprei “O Principe da névoa” que é o primeiro volume de outra trilogia do Zafón, mas até agora só lançou ele aqui no Brasil. Este é mais ou menos do tamanho do “Marina”. :)))

  • RESPONDER
    Larisa
    07.08.2013 às 22:49

    Zafón é sensacional! Quando terminar a trilogia pega o Marina! É muito bom também…

  • RESPONDER
    Giovana
    08.08.2013 às 12:10

    Amo os livros do Záfon!!!

    Tem mais 2 livros dessa ‘série’ e na livraria que frequento me disseram que vai sair mais um! (torcendo pra que seja verdade!)
    Mas óh, as histórias são independentes!!

    Também gosto dos livros juvenis dele, o Marina e a ‘triologia’ da Névoa (que tb não é uma triologia!)!
    Tô lendo o segundo, ‘O ´palácio da meia noite’

    Bjo!

  • RESPONDER
    Camila
    08.08.2013 às 23:07

    Posso indicar um bom livro? “A catedral do mar”, um livro que também se passa em Barcelona, porém na época medieval. É de um autor espanhol, catalão, se nao estou enganada foi lançado em 2007. Narra a vida de um jovem que foge para Barcelona fugindo da servidão feudal, tendo como fundo a construção de uma catedral. Amei! Parabéns pela ótima coluna! Bjs

  • RESPONDER
    vdsf
    12.08.2013 às 22:55

    Não é uma triologia, mas sim uma tetralogia. Falta ser publicado o último livro que ainda está a ser escrito. A sombra do vento, o Jogo do Anjo e O prisioneiro do céu são livros 5 estrelas. Para além destes, aconselho o Marina que é bastante bom.

  • RESPONDER
    Nome (obrigatório) :Camilla
    04.09.2013 às 19:13

    Ouso dizer que esse é um dos meus livros preferidos da vida! A mãe de uma amiga me indicou e comecei a ler sem esperar muito. Fiquei completamente apaixonada! Tanto que já li todos os livros dele publicados aqui (em outubro sai mais um!!!).
    Como a Lorena disse, apesar de ser uma trilogia, O Jogo do Anjo e O Prisioneiro do Céu são histórias independentes que podem ser lidas em qualquer ordem. Porém, aconselho que você leia O Prisioneiro do Céu por último, já que os acontecimentos dele são após os dois outros livros.
    Marina também é excelente! E sobre a outra trilogia (que de trilogia não tem nada!), li O Príncipe da Névoa, que gostei demais, e O Palácio da Meia Noite, que foi o livro do Zafón que eu menos gostei. O terceiro vai ser lançado agora em outubro.

  • RESPONDER
    Yan
    09.10.2013 às 17:54

    Agora vai ser uma quadriologia como se pode ver no site oficial ttp://www.elcementeriodeloslibrosolvidados.com/index.php O Záfon é muito bom mesmo, já li 3 dos livros dele, “A Sombra do Vento”, “O Jogo do Anjo” e “Marina.” Hoje mesmo comprei “o Prisioneiro do céu” “O principe da névoa” e “O palácio da meia-noite”. Vocês devem ter percebido, é meu escritor favorito.

  • Deixe uma resposta