9 em Comportamento/ Deu o Que Falar no dia 24.10.2011

Deu o que falar…

1 – Marc Jacobs (quase) acessível, já, já, no Brasil.

Que atire o primeiro espelhinho de coração quem viajou pro exterior, entrou em alguma loja Marc by Marc Jacobs e não trouxe pelo menos uma besteirinha da linha de Special Items. Bem, quem conseguiu sair com a carteira intacta dessa merece nosso profundo respeito, porque a gente não consegue.

Isso tudo só pra dizer que acabamos de ler no Chic que a Marc by Marc tá chegando amanhã no Shopping Iguatemi, em SP, e tá trazendo junto a linha de Special Items. Se você já tá pensando em pegar o primeiro voô ou então arranjar um tempinho pra ir no shopping, pode pensar de novo.

Pechincha por aqui não vai ter vez, não.

2 – Ai, sua má influência!

“Encorajar crianças a achar que tatuagem é uma coisa bacana é errado, errado, errado. Mattel, porque você não coloca logo um cigarro na boca da boneca e uma garrafa de cerveja na mão dela pra completar o pacote?” Essa é apenas uma das frases de pais revoltados com a parceria da Barbie com a Tokidoki. Segundo eles, uma boneca tatuada é má influência para as crianças.

Exagero? Preocupação? Não sabemos. Mas ter uma Barbie tatuada não quer dizer que a criança vai querer virar a Zombie Girl com 10 anos de idade, não é mesmo?

De quê adianta tentar proibir uma boneca e não saber dialogar com a criança?

Sem contar que a Barbie é coleção limitadíssima, não é vendida em qualquer loja de brinquedos e nem tem como público alvo crianças que gostam de Barbie Fada ou Barbie Princesa. (vimos no Petiscos)

3 – Maquiagem milagrosa (vejam o video antes do texto!)

Quem viu esse vídeo da Dermablend Pro, com certeza ficou chocada que nem a gente. Quem não viu, prepare-se para ficar impressionada.

O garoto propaganda, Zombie Boy – que já foi de clipe da Lady Gaga até sucesso do Fashion Rio – não podia ter sido escolha melhor por 2 motivos:

Quem melhor que uma pessoa over tatuada pra provar que a maquiagem esconde tudo mesmo?

Quem não morria de curiosidade pra saber como era o Zombie Boy antes das tatuagens? hehehe

Adoramos e recomendamos! (brigada @SofiaAntonacio!)

4 – Ao pé da letra

Broche de rato, da Amanda’s Autopsies

Como falamos essa semana, os acessórios de animais estão voltando. E com isso, recebemos o link de 2 leitoras sobre uma matéria do Uol Moda, falando sobre uma moda estranha que está chamando atenção: o uso de animais mortos ou partes deles para enfeitar broches, colares, casquetes e todo tipo de acessório.

Por mais que a maioria desses “designers” digam que os animais usados morreram de morte morrida (o que já é um alívio, levando em conta a maldade que é o processo das peles), não conseguimos achar normal pessoas que usem ratos, pássaros ou insetos como adorno ( isso lembrou aquele colar asqueroso de barata que a Jane Aldridge usou, lembram?). Mesmo não gostando, conseguimos compreender que esse tipo de procedimento, chamado taxidermia, pode ser considerado arte.

A diferença é que “arte”, nós temos a escolha de ver. Na moda, não. Só esperamos de verdade que esse tipo de “moda artística” passe longe do Brasil.  (brigada, Juliana e Madi!)

Gostou? Você pode gostar também desses!

9 Comentários

  • RESPONDER
    Carol Alfinetes de Morango
    24.10.2011 às 10:51

    Claro que essa loja MJ, vai ser os olhos da cara.
    Pena.
    bj
    http://www.alfinetesdemorango.com/

  • RESPONDER
    Ana Carolina - Blog Vila Trendy
    24.10.2011 às 12:30

    Como sempre! Adoroooo o Deu o que falar! Aguardando Marc, mesmo sem pechinchas! rssss… Essa de rato ou bichos mortos passa do limite da falta de bom senso! Errrrg!

  • RESPONDER
    mari
    24.10.2011 às 13:03

    QUE NOJO de usar um rato pendurado! Que horror!

    Quanto a loja do Marc, pode jogar aí o dobro ou mais do preço pago lá fora, e como lá fora é beem barato vai ter gente achando que ta fazendo bom negócio aqui. O tal espelhinho custa 5 doletas! Porém perde a tinta rapidinho… Eu fui na special itens com o meu irmão e ele disse “Não acredito que vc me fez andar 10 quarteirões para vir numa banquinha da 25 de março”. Juro ele ficou mal humorado por horas!

    bjs, mari @andpizzazz

  • RESPONDER
    Juliana
    24.10.2011 às 15:36

    Mesmo sem pechincha quero fazer uma visitinha na loja do Marc Jacobs!
    Adorei o vídeo do Zombie Boy, é incrível!
    Bjos
    http://www.deliriofashionista.blogspot.com

  • RESPONDER
    Rita Marques
    24.10.2011 às 16:10

    Adoro o “Deu o que falar”, pois, a gente sempre fica por dentro do que anda acontecendo pelo mundo e também podemos opinar e lê a opinião de muita gente… Tem gente que vai amar usar ratos pendurados como broches, tem gente que vai achar um pouco de exagero, pq não amarrar uma melancia no pescoço, pois acho que a questão nesse caso é aparecer e não se enfeitar…
    Mas o que eu achei incrível mesmo foi o vídeo do Zombi Boy… muito show…

    Super bjkas meninas… fiquem bem e excelente início de semana…

    Rita Marques (@ritamarques_ssa)

  • RESPONDER
    Nívea
    24.10.2011 às 16:55

    Bizarro essa coisa de usar animais mortos como enfeite….mas infelizmente tem gente que faz de tudo pra aparecer…
    Taxidermia pode até parecer arte,mas no fundo é um saco(palavra de bióloga…).

  • RESPONDER
    Larissa
    25.10.2011 às 12:29

    Não mereço profundo respeito! Sai da loja do Marc com uma sacolona! Hhuahua

  • RESPONDER
    Valéria Vieira Beirouth
    25.10.2011 às 15:52

    Meninas, sou mãe de duas crianças (um casal) e concordo com a sensatez de vocês, que apesar de serem bem jovens e sem filhos, tocaram no ponto certo: nada influencia mais uma criança do que o exemplo dos pais e o diálogo! Sem falar que, como vocês também frisaram, esta boneca não é acessível ao grande público…
    Quanto aos bichos pendurados… ECA!!! Prefiro não comentarrrr… rsrsrs…
    Beijos!!!

  • RESPONDER
    kaillanny
    10.05.2012 às 15:00

    que putaria e essa de falar que uma criança vai ser influenciada por uma boneca barbie tatuada.

  • Deixe uma resposta