13 em Fique de olho! no dia 27.09.2010

Fique de olho! Nada de Chanel inspired

Pelo jeito, o pessoal da Chanel não está gostando nada, nada dessa onda de inspired, releituras e “homenagens” que pipocaram (e continuam pipocando) por aí de uns tempos pra cá.

Semana passada, eles resolveram botar um comunicado no site WWD dizendo o seguinte:

“A note of information and entreaty to fashion editors, advertisers, copywriters and other well-intentioned mis-users of our Chanel name:
Chanel was a designer, an extraordinary woman who made a timeless contribution to fashion. Chanel is a perfume. Chanel is modern elegance in couture, ready-to-wear, accessories, watches and fine jewelry. Chanel is our registered trademark for fragrance, cosmetics, clothing, accessories and other lovely things. Although our style is justly famous, a jacket is not ‘a Chanel jacket’ unless it is ours, and somebody else’s cardigans are not ‘Chanel for now.’ And even if we are flattered by such tributes to our fame as ‘Chanel-issime,  Chanel-ed, Chanels, and Chanel-ized’, PLEASE DON’T. Our lawyers positively detest them. We take our trademark seriously.
Merci,
Chanel, Inc.”

Não reparem na livre tradução, mas a idéia geral é essa (e quem achar que pode melhorar, avisa, por favor!):

“Uma nota de informação e súplica para editores de moda, publicitários, copywriters e outros usuários que usam o nome Chanel com boas intenções:

Chanel foi uma designer, uma mulher extraordinária que fez uma contribuição atemporal para o mundo da moda. Chanel é um perfume. Chanel é a elegância moderna na alta costura, no ready-to-wear, acessórios, relógios e jóias. Chanel é nossa marca registrada para fragrâncias, cosméticos, roupas, acessórios e outras coisas adoráveis.

Apesar de nosso estilo ser famoso, uma jaqueta não é uma “jaqueta Chanel” a não ser que seja nossa, e os cardigãs de outra pessoa (no caso, marca) não são “Chanel por enquanto”.

E mesmo que fiquemos lisonjeados com tantas homenagens à nossa fama como “Chanel-issime, Chanel-ed, Chanels e Chanel-ized”, POR FAVOR, NÃO. Nossos advogados odeiam. Nós levamos nossa marca à sério.

Merci, Chanel Inc.”

Adoramos esse “chega pra lá” lotado de sarcasmo e indiretas diretíssimas.

Mas a pergunta que ficou foi: é impressão nossa ou algumas lojas brasileiras terão que começar a se preocupar com isso?

Gostou? Você pode gostar também desses!

13 Comentários

  • RESPONDER
    Aline Salomão
    27.09.2010 às 12:24

    Toma!!! O.o

    já estava mais do que na hora!

  • RESPONDER
    Rosa
    27.09.2010 às 12:55

    Oi Meninas!! Esse manifesto da Chanel é antigo pra caramba… Tem uma marca de camisetas que vende na Daslu que fez desse texto uma estampa para um t-shirt, bem menosprezando o aviso, da até pouco tempo, parceira da Daslu. Bjs

    • RESPONDER
      (f)utilidades
      27.09.2010 às 12:56

      Jura? Pelo jeito eles resolveram botar o texto de novo, pq não funcionou da primeira vez! hehehe C.

  • RESPONDER
    Marion
    27.09.2010 às 14:10

    Não é só a Chanel que deveria se manifestar, mas tb outras marcas de bolsas…

    Mas por outro lado, esse bombardeio de informação acessível a qualquer um e o desejo gerado nos consumidores, abre portas ao oportunismo de algumas marcas e a criação das inspired pois não é todo mundo que pode ter uma Chanel, uma Birkin e etc…

    Entendo a Chanel, mas isso nos leva a pensar: não seria a hora de sub-criar uma marca própria e mais baratinha… sem perder o glamour ou descaracterizar o estilo Chanel de ser? (não digo fast fashion, mas quem paga R$ 400,00 numa bolsa inspired de moletom pagaria um pouco mais talvez p/ ter uma “sub-chanel” , entende?)

    bjs
    @marionmartins
    http://algodaoemlacos.blogspot.com

    • RESPONDER
      (f)utilidades
      27.09.2010 às 14:30

      Acho que a ameaça é mais pra quem usa o nome da marca pra ganhar status e compradores! E eu acho justo, sabe? Vc pode se inspirar em tudo, afinal a informação está aí, mas não precisa usar o nome da marca famosa pra promover a sua. Até pq, se vc está reproduzindo a marca e avisando pras suas clientes, provavelmente, quem compra sabe qual foi o “objeto de inspiração” e o status que esse objeto traz.
      Seria o máximo se a Chanel fizesse uma submarca mais barata, tipo Marc by Jacobs ou Marc Jacobs Special Items, mas acho super difícil acontecer. A Chanel é uma marca muito tradicional, super quadrada e tá querendo cada vez mais se afastar dessa idéia de “luxo pras massas”. Infelizmente!!
      Bjsss!
      C.

  • RESPONDER
    Bel
    27.09.2010 às 14:45

    Complicado, né? Eu concordo que está escrito nas revistas e nas etiquetas das lojas Chanel Inspired é complicado. Copiar o material, tipo, o matelassê da bolsa é quase impossível não acontecer e não vejo problema. O negócio é copiar o modelo mesmo, tudo igual e ainda colocar “A nossa Chanel”! É um erro e até penso que a maison demorou em alertar ao povo!

  • RESPONDER
    Adriana Alfaro
    27.09.2010 às 15:00

    Nossa, achei incrível!
    Já estava na hora mesmo! Claro que nós adoramos ter algo ‘chanel inspired’, mas eu concordo que muitas marcas estão abusando e que a Chanel é uma só!
    Gostei do sarcasmo!

  • RESPONDER
    Lyanna
    27.09.2010 às 15:53

    Eu bem queria ser advogada da Chanel!!!!!!!!!!!!!!!!!! Iria processar metade do planeta e ficar milionária com os honorários. Aliás, acho que vou enviar meu currículo, pq a marca está precisando processar um moooonte de gente por aqui tb.
    Quanto ao sarcasmo. Eu amo!!! “Homenagens” que na verdade são argumentos vazios para justificar cópia barata…ninguém merece.

    • RESPONDER
      (f)utilidades
      27.09.2010 às 16:00

      Lyanna, rindo mt do seu comentário! E já sugiro começar a apresentação assim: “Olá, eu sou uma advogda brasileira e acho que vocês estão realmente precisando de uma sócia no Brasil….” Porque vai dar trabalho! rsrs C.

  • RESPONDER
    Michelle Bueno
    27.09.2010 às 15:55

    Ai gentem.. vou ter que ser meio negra! Bem feito para toda essa inspiração né! Em fim alguém que leva a própria marca a sério!!

  • RESPONDER
    Mari
    27.09.2010 às 16:08

    Adorei o comunicado! Concordo que a marca e a figura de Coco Chanel inspira muitos. Não concordo porém com a quantidade de produtos copiados que vemos por aí.

  • RESPONDER
    Tati Melega
    30.09.2010 às 23:50

    Mandaram muitooo bem!

  • Deixe uma resposta